quinta-feira, janeiro 17

2-2008: Poema Toulonense a um ex-fumador

Foto de autor desconhecido

Poema para um ex-fumador inveterado
Eu fumo
Tu fumas
Ele fuma
Nós fumos
Vós fostans
Eles fôra-ne

3 comentários:

Mocho-Real disse...

Ora cá temos uma avezinha livre das garras dos predadores da Associação Secreta dos Abutres e Espiões (vulgo ASAE)!

O poema é saudavelmente louco.

Um abraço.

MPS disse...

Esta fez-me rir, sim senhor!!!

bettips disse...

Terá sido apanhada pelo crude dos petroleiros, mafiosos e ferrugentos que por aí caminham ...
Abçs