domingo, junho 1

13-2008: Dia Mundial da Criança

Este quadro foi pintado por uma "criança" de 75 anos, no âmbito do programa de ocupação de jovens e menos jovens das aldeias do concelho de Idanha-a-Nova promovido pela Biblioteca Viver Mais Idanha.
Digo criança por essas pessoas terem voltado aos "bancos da escola", algumas se calhar pela primeira vez, com uma vontade férrea de alargar horizontes para lá do que é visivel do cimo do talefe, empinado no alto da Serra da Morracha.
Para todas foi o primeiro contacto com a informática, com os livros coloridos (não sabendo ler, vêem os bonecos) e com as artes decorativas, bem diferentes das rendas e bordados em que algumas são exímias no manejar da agulha.
Desse primeiro contacto com a pintura (ressalvando as inúmeras caiadelas dadas à fronte da casa em vésperas de festa) resultou este naïf, genuino, executado por uma das "alunas", quase podendo ser definido pela prosa poética de Almada Negreiros, assim:

A FLOR

Pede-se a uma criança: - desenha uma flor!
Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala, onde não há mais ninguém.
Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção, outras noutras: umas mais carregadas, outras mais leves: umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase não resistiu. Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era demais.
Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: - uma flor!
As pessoas não acham parecidas estas linhas com as de uma flor!
Contudo, a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça à procura das linhas com que se faz uma flor e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas – são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor!

20 comentários:

Jorge P.G disse...

Magnífica atitude destes anciãos que nunca tiveram a legítima oportunidade de aprender no tempo de crianças.
Muito boa aachega ao escrito por parte desse grande Mestre Almada!

A qualidade continua a morar aqui, naturalmente.

Um abraço para si, amigo raiano.
Jorge P.G.

MPS disse...

Caro Chenesco

O meu amigo continua a saber comover-me como poucos!

Um forte abraço

Tozé Franco disse...

Nunca é tarde para aprender. Excelente lema de vida.
Um abraço amigo Channesco.

Ana Ramon disse...

Que texto tão bonito!
E que homenagem tão carinhosa aos nossos idosos.
Beijinhos

nabisk disse...

Um exemplo de louvar.

meg disse...

Meu querido Chanesco

As crianças e os velhos deste país!
Temo muito pelo futuro. E depois de tantas palavras, como estas que acabei de ler aqui, não tenho mais nada para dizer.
Só um grande abraço para ti

as-nunes disse...

A vida de cada um
é um mistério a solver
mesmo que seja um zum-zum
apelando a viver.

A imaginação é mais importante que as obras mais relevantes...

Bom dia, Chanesco, um abraço
António

Jofre Alves disse...

Passo sempre com gosto por este blogue, dos melhores da nossa blogosfera, para mim um grande prazer, sempre com motivos interessantes, como este, a destacar a criatividade dum povo e dos idosos. Boa semana com tudo de bom.

meg disse...

Querido Chanesco

Apesar dos apertos de quem trabalha no Verão, não quis deixar de lhe vir desejar boa semana, e dar-lhe um abraço.

al cardoso disse...

Sem duvida de louvar estas atitudes para envolver as "criancas" da terceira idade! O pior que nos pode acontecer quando chegar-mos a essas idades e ter horisontes reduzidos. Para aprender nao existe idade, e necessario exercitar o corpo mas e principalmente a mente!
De parabens essas autarquias que o promovem!

Um abraco de amizade dalgodrense.

Jorge P.G disse...

Boa tarde, Chanesco.

Esperando um novo escrito, passei por cá e deixo o meu abraço.

Jorge P.G.

MPS disse...

Caro Chanesco

Que falta me faz!

um abraço

Jofre Alves disse...

Esparava encontar um novo artigo, mas para mim é sempre assumido prazer visi~tar esta brilhante página. Boa semana com tudo de bom.

MPS disse...

Caro Chanesco

É só trabalho, não é?

Um abraço

meg disse...

Querido Chanesco,

Fugi dos turistas para te vir dar um abraço.Com alegria e saudade das tuas palavras

meg disse...

Querido Chanesco,

Pois outro abraço e espero que esteja tudo bem contigo.
Meg

Jofre de Lima Monteiro Alves disse...

Venho espreitar o blogue e desejar boa semana. Voltarei, sempre ansioso por encontar novos artigos.

Jorge P.G disse...

De novo venho à procura de novas.
Vai longa a ausência. Que pena!

Um abraço.
Jorge P.G.

Jofre de Lima Monteiro Alves disse...

Venho espreitar este blogue, que tanto aprecio, nas esperança de novs e interessantes artigos. Boa semana.

MPS disse...

Meu caro Chanesco

Espero que esteja tudo bem.

Um abraço