quinta-feira, dezembro 14

33-2006: BOAS FESTAS



O dia 8 de Dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira de Portugal, é, por tradição na zona raiana, o dia em que os jovens, que esse ano vão às sortes, arrancam o MADEIRO do NATAL.
Em Toulões a azinheira mais grossa que houver no montado, graciosamente cedida pelo proprietário, é arrancada pelo pé .
O madeiro é depois enfeitado à entrada da aldeia, transportado pelas ruas para ser mostrado à população, e descarregado no adro da igreja, onde será "apichado" na noite de consoada para aquecer a alma a quem dele se acercar e onde ficará a arder até ao Ano Novo.
Com a proibição do arranque de azinheiras por motivos ambientais (apenas é permitido o seu abate indiscriminado para abrir clareiras no montado a fim de fomentar a construção de aldeamentos de luxo como forma de fixar as populações ao meio rural) este ano o MADEIRO do NATAL foi pobre.
Em compensação, os jovens de Toulões construíram uma enorme árvore de Natal (conforme mostra o postal) amiga do ambiente e da qual foi feita uma réplica em menor escala que pode ser visitada no Terreiro do Paço em Lisboa.
Estarei de volta depois do Ano Novo
Até lá, um abraço a todos e votos de BOAS FESTAS.

29 comentários:

proencal disse...

Passo para agradecer e retribuir os votos de Boas Festas.
Já agora a propósito de Madeiro, em Proença também continuamos a cumprir a tradição. Este ano a festa foi complementada com a edição de um livro da Proençal sobre o Madeiro tendo por base um conjunto de fotos tiradas no ano passado por um fotógrafo amador polaco, que por aqui passou, por acaso, no dia 8 de Dezembro.
A Exposição pode ser vista nos Lagares em Proença, até 7 de Janeiro, ou em http://www.pontosdevista.net/expoi.php?id=247
Um abraço

little_blue_sheep disse...

:)

abraço e boas festas!
r.

Paulo Sempre disse...

Boas Festas!
Abraço
Paulo

MPS disse...

Ah!Ah!Ah!Ah!Ah!Ah!Ah! Excelente, a sua ironia!

Boas-Festas!

bettips disse...

Realmente, só a ironia para não cair na tristeza! Um grande abraço e fica BEM!

manuel neves disse...

Viva!

Ainda bem que em Toulões a tradição se vai mantendo.
São tambám as tradições que nos identificam com o povo que somos e não outro.

Pois... para aldeamentos de luxo e outras coisas que tais, tudo se permite.

Belo texto, pleno de ironia e verdade, como gosto.

Obrigado pela visita ao pobre Populus.
De facto Natal é o que refere e mais outras coisas, algumas bem dispensáveis.

Um Abraço
Um Feliz Natal para si e toda a gente desse cantinho raiano que tanto gosto.

Tozé Franco disse...

Já passei uma noite de Natal, infelizmente devido ao falecimento de um familiar, em Currelos (Carregal do Sal) e o que nos valeu para suportarmos o frio foi o madeiro (enorme) que ardia à porta da igreja.
Gosto deste tipo de tradições.
Um abraço.

Jofre Alves disse...

Passei para desejar boa semana preparatória do Natal e apreciar este sempre interessante blogue, atraente pela qualidade e desvelo inerente. A qualidade de braço dado com o bom-gosto.

bettips disse...

Dizer-te que a tanta distância, se calhar até de idade...
o teu comentário foi tão pessoal e íntimo como se tivéssemos apertado as mãos. Poucos perceberam o que viste tu. Bem hajas. Um abraço do litoral até à raia, de repente deu-me uma saudade de "Monfortinho" e tudo à volta!

Jorge P.G. disse...

Brincalhão!...

Boas-Festas, então!

Um abraço, aqui da província.

Anónimo disse...

Boas Festas, até para o ano.

Eddy Nelson disse...

Caro amigo dos Toulões, aqui lhe desejo um santo natal e um bom ano novo...

um abraço raiano

Anónimo disse...

Caro Amigo:

Nao quero deixar passar esta epoca festiva, sem lhe desejar pessoalmente a si e sua familia, um Santo e Feliz Natal e um Ano Novo repleto de saude e de todas as outras coisas boas.

Um braco fornense para a "Raia" em geral.

Anónimo disse...

E linda a arvore, parabens a Toloes!

Ana Ramon disse...

Vamos ter que esperar até depois do Ano Novo para te encontrarmos de novo aqui e ouvirmos/lermos as histórias que trazes do fundo da memória e tão bem que as misturas com um olhar actual. Então um Bom Natal e Feliz Ano Novo!
...e volta depressa
Beijinho

chuvamiuda disse...

................
está bem

não tenhas pressa

................


Tudo do melhor

Kaos disse...

Vim só desejar um Bom Natal
abraço

manuel maria disse...

É! a malta das sortes é que vai ao madeiro...
mas nas aldeias desertificadas...
passou a ser a malta solteira...
quando a há.

Abraço
e santo Natal

Anónimo disse...

Um Feliz Natal.

Anónimo disse...

É claro qe não podia dexar de passar por aqui, parece que estamos aí em Toulões, a viver o calorzinho que havia de vir desse madeiro a arder...
Então e na falta do tronco da azinheira não há por aí um pinheiro dum bastio?!
Ah pois, a tradição ou é como era ou já não é a mesma coisa! É isso, entretanto, sob a invocação de interesses ponderosos, manda-se a preservação ambiental às urtigas!
Um abraço, caro Chanesco e BOM NATAL. (O seu postal está uma obra de arte! Fez quê? Uma montagem digital? Seja como for, está muito sugestivo).
António

Jofre Alves disse...

Chanesco: Boas Festas, Santo Natal e Próspero Ano Novo, são os meus sinceros votos.

ConchitaMachado disse...

Passei...e,
Deixo meus votos sinceros de
Feliz Natal e
Ano 2007 com
Alegrias,Amor,Harmonia,Paz
Esperança

Seja Bem-Vindo/a ficarei feliz

ABRAÇO

MaD disse...

Boas Festas e cá estaremos em Janeiro à espera de mais coisas boas...

Rosmaninho disse...

Atrevo-me a dizer que foram acontecendo Boas Festas neste lugar, ao longo do ano.

~*Um beijo*~

Mariazinha disse...

Quem me dera viver numa aldeia assim!
Estou farta da cidade e do cinismo
diário dos demais.
Aproveito para-lhe desejar um bom Natal,cheio de paz e muita saude.

Andando de Raboleta disse...

Por motivos familiares só agora me foi possível deixar aqui um voto de Boas Festas. Espero que tenha passado um Bom Natal e que o novo ano traga muitas alegrias.

That's me disse...

O cheiro do madeiro misturado com o frio da aldeia, é único. Apesar de já fora de tempo, não quero deixar de desejar que o Natal tenho sido em Paz e que o novo ano seja repleto de momentos felizes.

Jofre Alves disse...

No Minho temos um ditado popular que diz que «maior é o ano que o mês», por isso desejo a maior felicidade para o ano 2007.

karraio disse...

Que te façam muitas festas e boas também a ti chanesco.